Vamos Viajar?
Eduardo Baqueiro
 
 
Estamos sós em um quarto escuro nossos corpos estão alimentados e não há nada além de silêncio e paz. Estamos sentados de frente um para o outro.Não vejo teu corpo, mas sinto tua aura.
 
Toco em suas mãos e te convido para me acompanhar. Deixe teu corpo solto, sinta um torpor te invadindo, Libere-se da matéria e sinta tua alma pairando acima.
 
Nenhum pensamento impuro apenas paz, tranqüilidade e amor. Você me acompanha e se libera de teu corpo. Olho pra você e vejo tua essência e vejo tuas cores vibrantes e sinto tua verdadeira beleza.
 
Te convido para me acompanhar e flutuamos.  te levo ao meu lugar predileto, uma casinha simples no centro de um lago, ligada apenas por uma pequena ponte.
 
Por volta desta casinha um imenso jardim  coberto apenas por flores do campo com o mesmo perfume que sinto emanando de teus poros.
 
A  beira do jardim está rodeada de pequenos peixes multicoloridos, uma leve brisa passa por nossos rostos e
contemplamos o pôr do sol.
 
Aparece um arco íris nascendo de nossos corpos e nos ligando ao astro rei e ,através daquele arco íris, nossos corpos se fortalecem de energias novas e vibrantes.
 
Neste momento nos tornamos um só. Eu sinto a vida se renovando em nós e o amor renovando nossas vidas. Ali permanecemos até que o sol se esconda atrás da noite.
 
Então uma nova surpresa se apresenta as estrelas trazem até nós pequenos fachos de luz. Começamos a girar e nossos corações vibram em um ritmo alucinante.
 
Giramos, giramos e giramos. Minha mão ligada à tua, somos apenas um e vamos parando e sentindo uma paz já esquecida. Uma tranqüilidade nunca sentida.
 
Estamos limpos de sentimentos negativos apenas paz, serenidade, confiança e fé. Te convido para retornar e voltamos sem pressa e visualizamos nossos corpos.
 
Te ajudo a encontrar teu centro e depois retorno ao meu. Acordamos renovados e sentindo mais disposição para
enfrentarmos as diversidades da vida.
 
Muita paz e amor para você...