Sonhos...
Eduardo Baqueiro
 
Hoje acordei feliz, sonhei contigo.
Estavas ao meu lado, na minha cama.
Um rosto de menina mulher, sem etiquetas, sem pudor.
Minhas mãos passearam pelo teu corpo, completamente nu.
E, carente, me desejava por completo.
Encostei minha boca na sua
e busquei o gosto da tua língua.
Senti teu beijo faminto, carente de mim, de carícias,
E nos beijamos até nossas bocas se fartarem,
até teu corpo não mais suportar o tesão que tomava a alma
Nossos sussurros ouvíamos,
palavrões que nos deixavam ainda mais afoitos
Meu corpo te desejava , uma vontade louca de você!
Mas queria que fosse devagar,
como experimentar um bom vinho.
Desejava explorar-te até teus limites,
fazer do sexo um caminho para findar esta vontade que sinto de ti, mulher madura...
Fiz de você um brinquedo,
experimentando novas posições
Teus olhos brilhavam, 
aprovando minhas brincadeiras...
Éramos dois safados, deliciando-nos um no outro
Não queria que o momento acabasse,
desejava senti-la eternamente
Desejava que a noite não terminasse,
que nossos corpos não se cansassem
Desejava você até que não houvesse mais energias
Até que nossos corpos estivessem exaustos, para, então, deitar em seu colo e descansar...