Sonhando
Eduardo Baqueiro
 
 
Deitado na minha cama sinto
Teu perfume que exala pelo ar...
No fundo, uma canção suave,
tão suave quanto as ondas de teu mar!
Embalando meu peito,
Dando asas ao meu coração,
As paredes de meu quarto se abrem,
Uma brisa salgada invade meu rosto
A alegria invade minh'alma...
É o bom dia acordando o menino dentro de mim!
Não sei o que me faz sentir assim
Se o amor que sinto por ti
Ou a saudade que embriaga meu ser...
Continuo a caminhar por suas praias
na esperança de te encontrar...
Menina dos cabelos de mel, da pele clara,
dos olhos que me enfeitiçam!
Esta vontade de tocar suas mãos
Não me sai do pensamento,
O desejo de ouvir contos de sua vida,
Suas alegrias e tristezas...
Sempre esta voz que me enfeitiça
Me faz sentir livre e feliz como nunca antes senti!
O amor chegou no peito e abriu o coração
Para nunca mais fechar...