REFLEXÕES
Eduardo Baqueiro
 
 
Esta canção me trouxe saudades suas
Não por te amar
O amor já morreu há muito tempo!
Mas sinto saudades de um tempo que se foi,
De um tempo onde ainda sonhava
com a felicidade,
Uma felicidade de conto de fadas
Daquelas: "e foram felizes para sempre..."
Mas a realidade me mostrou outro caminho!
Um caminho onde nossas imperfeições
são sentidas
E o "para sempre" sempre acaba...
 Nem por isto deixei de sonhar
Hoje, meus sonhos são mais pés no chão,
Aceito as diversidades da vida
e sou cauteloso.
Amo com mais intensidade que antes,
Sou mais romântico
e sou mais eu quando amo...
Acontece que,hoje, esta canção me embalou 
nos braços do passado
E senti saudades de um tempo inocente,
Onde tínhamos a certeza de que tudo
seria do jeito que a gente queria...
Os problemas eram simples desafios
E o futuro era apenas um caminho a trilhar...
Foi um tempo gostoso e você fez parte dele!
Sei que, no fundo, tem saudades também!
Hoje, olhando meu filho com a mesma idade,
Eu reconheço nele aquele jovem ambicioso
e invencível que eu era...
Mas o tempo venceu aquele jovem sonhador
E fez de mim um homem que caminha
lento e seguro,
Desejando apenas roubar as brechas
que a felicidade concede...
Hoje me sinto um jovem de pé no chão
Com o bom senso numa das mãos
e a fé na outra mão...