Homens insensíveis

Eduardo Baqueiro

 

Há homens que são insensíveis

Porque sensibilidade é uma conquista

Não é um dom!

Ser sensível é um aprendizado,

É um sentimento alienado à inteligência...

As primeiras lições vêm da mãe,

Desta mulher cuja sensibilidade

corre no sangue...

Existem homens que não tiveram a sorte

do contato materno,

Homens cujo carinho feminino

passou longe

Não entendem que sensibilidade abre

portas intransponíveis!

Pela sensibilidade se abrem corações

Conquista-se a mulher amada!

São apenas gestos.

Os insensíveis são, na verdade,

carentes!

Carentes do amor feminino!

São almas perdidas neste mundo ingrato

à procura de suas próprias razões...

São crianças que não aprenderam

o caminho para a felicidade

Isolam-se pelo fato de serem brutos,

Ainda não aprenderam a sonhar

e se perderam nos labirintos da vida...

Existem homens insensíveis à espera do

toque suave de uma mulher...

Como se fossem flores esperando

a chuva para desabrocharem,

Esperam o momento para aprenderem

a arte de amar uma mulher.