Cura
Eduardo Baqueiro
 

A doença é um sintoma da alma,

Um pedido de socorro.

O corpo reflete as ondas interiores

 Reflete os sentimentos inúteis que

ainda teimamos em carregar...

Enquanto o amor for apenas assunto

para poemas e sonhos,

Seremos seres doentes e infelizes...

Fala-se de amor como se o mesmo

imperasse em todos os cantos de nossa vida,

Como se todos os nossos gestos

nascessem deste sentimento...

Mas não é assim não, sabemos muito bem!

O amor ainda é uma semente que não

encontrou solo fértil dentro de

nossos corações.

Amor ainda é uma utopia...

Por isso somos almas doentes

Trazemos dentro de nós sinais de animalidade

Sinais que há muito deveriam estar esquecidos...

Quão difícil é ao homem entender seu futuro!

Uma cegueira o persegue

Deixando-o para trás, no caminho da ilusão.

A simplicidade é a essência da perfeição!

A fórmula da cura está dentro de nós,

Basta desejar e dar o primeiro passo...

Estender as mãos ao próximo

e juntos caminharmos em busca de

novos horizontes.

Somente assim encontraremos nossa paz.

Encontraremos nossa verdadeira

identidade.

Um segundo de felicidade

vale mais que uma vida de sofrimentos...