Apenas um sonho

Eduardo Baqueiro

 

Vieste numa madrugada fria e chuvosa,

Não recebi aviso e confesso me surpreendi!

Era uma noite escura e não vi teu rosto...

Talvez possa mal interpretar minha surpresa

No caminho que estou não te esperava assim!

Mas você chegou, na mala apenas esperanças

E sei que contava comigo!

Certamente eu não iria decepcioná-lo...

Serias meu amigo, talvez o melhor de todos...

Cheguei a abrir as portas de meu coração

Um pouco acanhado, confesso, mas eu fiz!

Sabe como são os homens para estas coisas...

Sua presença me levou a refletir minha vida,

Novamente deixei alguns valores para trás...

Senti que a vida me chamava novamente

para seguir novos rumos...

Mas assim como você entrou, você saiu...

Não deu aviso, nem fez alarde,

apenas se foi...

Fiquei perdido e tive que conter

minhas tristezas

Como sempre tenho que fazer...

Fingir que tudo vai bem, sorrir...

Mas compreendi a lição que trouxeste

na bagagem,

que veio num piscar de olhos

E agora sei que seríamos muito mais que

simples amigos...

Seríamos pai e filho, eu e você...