Amigos

Eduardo Baqueiro

 
Tenho tantos amigos que às vezes me acho no céu!
São pessoas tão especiais que nem sei
como classificá-las,
Jamais conseguiria passar para o papel tudo que
representam para mim...
A escrita é muito pobre para definir este sentimento:
Um amor sem interesses,
a não ser aquele de ver o amigo feliz!
Definiria meus amigos como engrenagens
de uma máquina
Sinto como sendo um componente desta maquina,
talvez, o mais importante de todos,pois o carinho,
o amor e o afeto com que sou tratado
Me fazem sentir a parte principal desta linda maquina,
que se chama vida...
Eu não saberia definir melhor meus amigos
Talvez nunca possa expressar todo sentimento
Toda alegria que sinto quando recebo um olá...
Quando recebo algumas palavras simples e sinceras
O efeito que causam em meu peito é devastador
Nenhum remédio, nenhuma cura, nenhuma ciência
é tão eficaz quanto estas palavras que recebo de vocês,
meus amigos...
Peço a Deus que sempre acompanhe todos vocês
E ilumine seus caminhos para que vocês possam ter
tempo para, de vez em quando, lembrarem-se de mim
Que sempre saibam o quanto eu os amo.
Pois jamais poderei retribuir o afeto, o carinho
e o amor que recebo de vocês,
meus amigos...